Projeto I&D - Cravação em prensa e eliminação da soldadura

Este projeto constitui duas vertentes:

→ Cravação em prensa: consiste na integração do processo de cravação no processo de estampagem dos corpos de pedais. Este tipo de processoera feito após a estampagem dos corpos dos pedais em operações manuais em balancés.

→ Estudo da eliminação da soldadura: consiste na eliminação do processo de soldadura MIG/MAG nesse produto através da alteração da geometria do componente estampado. O desafio é criar uma nova geometria que não necessite destes cordões de solda mas mantendo todas as quotas funcionais do produto final, bem como o exigente cumprimento dos requisitos do produto.

 

Período

                Este projeto decorreu no período entre 2009-11-09 e 2011-11-08

 

Conclusões e Resultados

→ Cravação em prensa: O produto com o novo processo de fabrico cumpre todas as especificações exigidas tendo sido implementado com sucesso. Pretende-se transversalizar esta solução aos pedais de travão de outros projectos.

→ Estudo da eliminação da soldadura de um componente do pedal de travão: Foram efetuados ensaios muito exigentes para verificar o comportamento da nova geometria, os resultados foram favoráveis tendo inclusive melhorado as condições relativamente à situação actual. No entanto, a proposta carecia de aceitação por parte do cliente final que optou por a não aceitar, tendo alegado motivos de rentabilidade económica e risco do produto, uma vez que se tratava de um produto de segurança e regulamentação. Para a Gestamp Aveiro a solução alcançada foi um sucesso e pretende a empresa transversalizar a outros projectos.

O projeto sofreu ao longo da sua duração alguns desvios, essencialmente no que diz respeito à calendarização e à afectação de recursos. Desvios estes que se justificam pelo próprio desenvolvimento do projeto. Foram alcançados os objectivos de produtividade/peça previsto. O custo total real de implementação do projeto ficou aquém do previsto. Isto não implicou qualquer incumprimento dos objectivos essenciais do projeto, muito pelo contrário, como pode ser constatado pelo exposto, tratou-se sim de uma gestão mais eficiente do próprio projeto.


 
BSCD